Dr. Marcelo Thiel

Médico Urologista

Ligue e agende uma consulta

(19) 3368-5536 - Campinas
(19) 3368-5529 - Campinas
(19) 3629-0743 - Sta. Bárbara

RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Doenças Relacionadas

Incontinência Urinária de Esforço

12/01/2015

O que é a incontinência urinária? 
Por que ocorre?
 
Que exames devem ser feitos?
 
Como se trata?

 ÁUDIO sobre Incontinência Urinária de Esforço.

 

 

O que é a incontinência urinária?

A incontinência urinária é a perda involuntária de urina. Esta condição gera profundo incômodo por parte do(a) paciente, porque há uma perda da auto-estima e o convívio social se torna um transtorno.
 
Perder urina NÃO É NORMAL.
 

Por que ocorre?

Na mulher a incontinência urinária pode ocorrer durante esforços maiores como tossir ou espirrar, caminhar ou mesmo em repouso. É a chamada incontinência urinária de esforço, decorrente de um enfraquecimento dos ligamentos e músculos do períneo, ou ainda por partos vaginais mal assitidos e cirurgias vaginais. Outra causa e a contração involuntária do músculo da bexiga resultante de
 
doenças neurológicas ou sem causa definida. É a chamada bexiga hiperativa.
 
OS PRINCIPAIS FATORES DE RISCO PARA INCONTINÊNCIA URINÁRIA SÃO:
 
  • Gravidez: a musculatura quando seccionada ou estirada demasiadamente, tem a função prejudicada. Mesmco com a boa cictrização pósepisiotomia ou laceração preineal, a contração perineal tornase debilitada ou ausente, com diminuição da força de contração muscular e perda da sustentação.
  • Menopausa;
  • Obesidade;
  • Tabagismo;
  • Antecedentes de enurese, infecções urinária de repetição, Incontinência urinária pósparto;
  • Atletas esportivos;
  • Constipação crônica
 
No homem geralmente ocorre por problemas prostáticos ou após cirurgias da próstata.Além da perda de urina durante o esforço que exige troca de fraldas ou absorventes, pode se apresentar como urgência para urinar, nocturia (levantar uma ou mais  vezes à noite), ir ao banheiro mais de 8 vezes durante o dia e quando há ardência é necessário descartar infecção.
 
A incontinência urinária de esforço é por ruptura ou enfraquecimento dos ligamentos qeu sustentam a uretra e/ou enfraquecimento do músculo ao redor da uretra que contém a saída de urina.
 
URETRA SENDO PRESSIONADA PELA SETA, CONTRA O LIGAMENTO QUE A SUSTENTA 
 
 
 
 

Que exames devem ser feitos?

Após a consulta e o exame físico para verificar se a paciente perde urina quando tosse são solicitados:
 
- Exame de urina: para descartar infecção
 
- Avaliação urodinâmica: Este é o principal exame para ter o diagnóstico de Incontinência Urinária de Esforço ou Bexiga hiperativa. É muito importante para se tomar a conduta que pode ser clínica (remédio) ou cirúrgica.
 
Para detalhes deste exame clique aqui
 

Como se trata?

No caso da mulher com Incontinência Urinária de Esforço o melhor tratamento é a cirurgia que consiste em colocar uma faixa de material sintético (sling) abaixo da uretra, para restaurar o ligamento enfraquecido (hammock).
 
A cirurgia permite retorno às atividades laborais rapidamente.
 
Para saber dos cuidados pré e pós-operatórios clique aqui. Abaixo, cirurgia de sling, para correção de incontinência urinária de esforço (Vídeo retirado do programa de educação da Sociedade Brasileira de Urologia).

                                    

 

 

 

POSIÇÃO DO SLING ABAIXO DA URETRA 
 
 
 
O Tratamento também pode ser feito com injeções periuretrais, fisioterapia pélvica e tratamento comportamental.
 
No Homem são colocados balões ao redor da uretra para coaptá-la
 
A Bexiga Hiperativa é tratada com medicação via oral ou por remédios colocados no interior da bexiga.
 
 
FISIOTERAPIA
 
 
A Fisioterapia tem como objetivo:
 
  • Conscientização da contração muscular;
  • Relaxamento da musculatura sob tensão;
  • Fortalecer, tonificar e dar resistência à musculatura enfraquecida;
  • Recuperar reflexo perineal ao esforço;
  • Aliviar ou eliminar a dor;
  • Orientar mudanças de comportamenti como forme de eviatr episódios de urgência e perda urinária;

 

O Treinamento dos músculos do assoalho pélvico deve se iniciado precocemente. São necessárias múltiplas repetições de contrações musculares voluntárias para ocorrer a compreensão do movimento

e proporcionar aumento da força muscular.  Após o parto e cirurugias pélvicoas, procurar orientação antes de iniciar modalidade esportiva. Evitar alto ompacto como saltos, corridas e excesso de peso.

Para ouvir sobre incontinência urinária clique abaixo:

 

 
 
 

Siga, Curta ou Compartilhe em suas Redes Sociais!